Sábado, 13 de Janeiro de 2018, 15:00 - 18:00 @ Salão Brazil - Largo do Poço,3, 1º andar, 3000-335 Coimbra

«Parlatório» - Apresentação por Nuno Miguel Neves, seguido de «O QUE PODE A ARTE? ACÇÕES ARTÍSTICAS EM CONTEXTO PRISIONAL», Mesa redonda com Américo Rodrigues, Antonio Pedro Andrade Dores, Daniel Maciel, Vera Silva e Paulo Lameiro.

Entrada livre e gratuita | Co-organização Serviço Educativo JACC e Bosq-íman:os.


americo-rodrigues parlatorio


"Há um ano entrevistei demoradamente 7 presos para que me contassem a sua história de vida.A ideia inicial era escrever um livro com narrações daquelas mulheres e homens que estavam a cumprir pena numa prisão do interior de Portugal. Registei em vários cadernos o que de mais importante me disseram (depoimentos de grande autenticidade), sublinhando frases e ligando palavras com setas e outras anotações. O que escrevi foi aquilo que considerei ser o essencial do que ouvi. Histórias de roubos,tráficos, burlas, assaltos, dependências, traições, violências, mortes. Vidas. A partir desse material de base concebi uma peça de poesia sonora que cruza a minha vocalidade (gritos, sussurros, choros, línguas inexistentes, ruídos bucais, cantos de inspiração étnica, estalidos com a língua, terrorismo fonético, etc.) com a leitura dos apontamentos da conversa com aqueles reclusos (leitura branca, interpretação teatral, enganos, hesitações, alteração de velocidade, silêncios, amálgamas, etc.). O César Prata gravou tudo. O José Neves vai tratar da "dramaturgia do som" com a ajuda do Nuno Veiga, e o Tiago Rodrigues vai encarregar-se do desenho gráfico." (Américo Rodrigues)


Vídeo de Américo Rodrigues em estúdio > https://www.facebook.com/BosqImanosLivros/videos/1408431802589130/


+ info @ https://pt-pt.facebook.com/events/132713700754086/


Ver tb > Visual Vocal: Oficina com Américo Rodrigues